Entrevista by Sky News (Reino Unido) – 07/10

No início do mês passado, Queen + Adam Lambert lançaram seu primeiro álbum ao vivo, “Live Around The World”, um compilado dos melhores momentos dos shows da banda nos últimos anos. A banda concedeu diversas entrevistas para promover o lançamento do álbum, sendo que em algumas Adam apareceu sozinho. Confira a partir deste post, um resumo de como foi cada uma destas entrevistas realizadas no dia 07 de Outubro, começando pela Sky News dp Reino Unido que entrevistou Adam.

O apresentador pede para Adam contar como ele e o Queen iniciaram sua parceria, ao que Adam diz que eles se conheceram na final do American Idol em 2009 e eles sentiram que tinham alguma coisa boa ali, passando a trabalhar juntos alguns anos depois.

O apresentador pergunta como Adam se sente ao calçar os sapatos de Freddie Mercury, ao que ele responde que no início ficou aterrorizado, sabendo como os fãs do Queen eram fervorosos, mas ele aceitou o desafio, ainda que cautelosamente, com Brian e Roger o tempo todo ao lado dele, e os dois lhe deram sinal verde, com Adam fazendo perguntas a eles o tempo todo sobre se ele estava fazendo as coisas do jeito que eles esperavam. Adam conta que a grande chave era não imitar o Freddie, já que ele é insubstituível, e eles estão no palco por causa das músicas e para Brian e Roger poderem tocar para seus fãs, e também como um modo de honrar Freddie.

O apresentador comenta que os fãs do Queen parecem tê-lo aceitado muito bem, ao que Adam diz que espera que sim, que tem sido incrível e ele mal pode acreditar que já se passaram mais de sete anos de turnês. Ele conta que esse álbum ao vivo conta com o melhor dos melhores momentos desses últimos anos. Adam conta que eles fizeram filmagens de quase todos os shows, assim com o adiantamento dos shows por causa da pandemia eles pensaram em fazer um bom uso dessas filmagens, lançando-as para os fãs como um modo de dizer obrigado e que logo eles estarão de volta aos palcos. Adam conta que eles tinham muito material para escolher, e incluíram todos os hits, mas também algumas músicas mais desconhecidas como “Love Kills” e “I Was Born To Love You”.

O apresentador pergunta como eles se sentiram ao ter que adiar os shows por causa da pandemia, comentando que através das filmagens dá para perceber que eles se divertem muito no palco. Adam concorda, dizendo que eles são como família agora, e que é o sonho de um cantor poder se apresentar para uma plateia que sabe cada palavra de cada música, então cada noite é como um evento, e é uma alegria nostálgica assistir a plateia reagir daquela forma.

O apresentador comenta que a jornada de Adam é excepcional, e pergunta a ele sua opinião sobre o que está acontecendo nesse ano comparado a quando ele era um jovem cantor, visto que músicos jovens atualmente talvez nunca possam entrar na indústria devido às mudanças que ocorreram com a Covid-19. Adam comenta que é um ano sem precedentes, mas não tem como artistas simplesmente mudarem de ramo, já que isso é o que eles são. Então, o jeito é esperar pela vacina e aguentar firme. Ele também acha que o público vai estar desesperado por eventos ao vivo quando as coisas acalmarem.

O apresentador termina perguntando se Adam lançará algum material original com o Queen, ao que ele responde que o único momento em que eles conversam sobre isso é quando os jornalistas perguntam. Ele diz que se for a coisa certa no momento certo, pode acontecer.

Autoria do Post: Bruna Martins
Fonte: Sky News/YouTube

Compartilhar
Share

Nenhum Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *