Archive for the ‘Áudio’ Category


Remix de “Cuckoo” by DJ Johnny Labs

By in agosto 21, 2014 • Filed in: Áudio, Música, Remix

Confira a versão remix de “Cuckoo” de Adam Lambert, feita pelo DJ, produtor musical e remixador de Portugal, Johnny Labs:

Adam Lambert também já ouviu o remix e publicou em seu twitter: “Confira @JohnnyLabs https://m.soundcloud.com/johnnylabs/adam-lambert-cuckoo-johnny-labs-mix”.

Confira novamente os outros remixes já divulgados do DJ: Pop That Lock | If I Had You | Naked Love (Versão 1) | Naked Love (Versão 2)

Fontes: Adam Lambert/Twitter e Johnny Labs/SoundCloud

Share/Bookmark


Áudio de “I Was Born To Love You” by Queen & Adam Lambert no Super Sonic 2014, Seul (Coreia do Sul) – 14/08

By in agosto 15, 2014 • Filed in: Áudio, Queen + Adam Lambert

Conforme publicamos em destaque aqui neste post anterior, Adam Lambert e Queen estrearam a música “I Was Born To Love You” no 25º Show da Turnê Queen + Adam Lambert realizado nesta última quarta-feira (14) em Seul (Coreia do Sul). Agora, a fã Missitii disponibilizou a performance em áudio, inclusive até sendo possível o download. Confira abaixo:

Fonte: Adam Lambert Perú



Joe Elliott (Def Leppard): “Adam Lambert está mais perto do que o Queen era com Fred Mercury do que Paul Rodgers esteve”

By in agosto 2, 2014 • Filed in: Artigos e Entrevistas, Áudio, Rádio

O vocalista da banda Def Leppard [ver nota], Joe Elliott falou em 24/07, à estação de rádio 105.5 FM WDHA em Nova Jersey, sobre a banda, cuja formação inicial completa 22 anos juntos, sobre sua guitarrista, Vivian Campbell, que luta contra um câncer, e também sobre Adam Lambert. Confiram abaixo a parte onde ele fala sobre a decisão do Queen de fazer uma turnê mais uma vez com Adam nos vocais:

Joe: Bem, eu realmente acho que, com justiça, é provavelmente uma linha bem mais realista do que foi com Paul Rodgers, porque o Queen era muito extravagante, quando eles tinham Freddie Mercury – muito, muito extravagante – e Adam Lambert é muito, muito extravagante. Paul Rodgers foi… não que ele não fosse extravagante, mas ele era conduzido por mais testosterona do que Fred fosse, ou Adam Lambert seja… Então… eu não tendo visto isso – isso é apenas pura adivinhação e especulação da minha parte – eu imagino que ele [Adam] provavelmente está mais perto do que o Queen era com Fred Mercury, por causa da maneira que Adam Lambert canta. As opiniões são divididas – eu sei que são – porque algumas pessoas pensam que eles [Queen] não deveriam ter esse cara aí com eles, e há outras pessoas que estão começando a achar que isso é ótimo.

NOTA: Def Leppard é uma banda de rock formada na cidade de Sheffield, Inglaterra, em 1977. Fez parte da geração chamada NWOBHM, porém tem outros estilos, como hard rock. É considerada uma das bandas mais populares do mundo e já vendeu mais de 100 milhões de álbuns mundialmente. (Wikipédia)

Se quiser ouvir o áudio da entrevista completa de Joe Elliott, clique aqui.

Fontes: Adam Lambert Fan Club e BLABBERMOUTH.NET



Mike Hosking da Rádio Newstalk ZB conversa com Roger Taylor sobre os Shows na Nova Zelândia

By in agosto 2, 2014 • Filed in: Áudio, Entrevista, Queen + Adam Lambert, Rádio

Mike Hosking da Rádio Newstalk ZB da Nova Zelândia, recentemente entrevistou Roger Taylor – baterista da banda Queen – a respeito da turnê Queen + Adam Lambert. Clique na imagem abaixo para ouvir a entrevista completa e em seguida confira a tradução da parte em que Roger fala especificamente sobre Adam Lambert e a turnê.

Mike: Roger Taylor está conosco nesta manhã de Boston, bom dia!
Roger: Bom dia Mike, como você está?
Mike: Eu estou muito bem, então me fala… tudo começou com o American Idol, em 2009, é isso mesmo?
Roger: Eu acho que tudo começou com Adam Lambert e nós, me enviaram um email falando sobre esse homem que tinha uma voz extraordinária então eu fui vê-lo, depois, coincidentemente, fomos convidados para fazer a final do Idol, então tocamos com ele e o outro finalista e ficamos completamente surpreendidos, e aqui estamos, terminando a turnê nos EUA, o que tem sido sensacional.
Mike: E como está indo, todo mundo está gostando? Porque deve ter sido um pouco arriscado.
Roger: Eu não sei, nós fizemos seis shows com Adam há cerca de 18 meses atrás, na Europa, que foi fantástico, e depois fizemos o iHeart Festival em Las Vegas, e eu acho que a América parecia realmente querer que isso acontecesse, então lançamos a turnê e praticamente os ingressos se esgotaram de imediato, nós ficamos muito felizes e a recepção tem sido surpreendente. Todas as noites, tem sido sensacional.
Mike: Além da voz, e quero dizer que ele tem uma grande voz, mas o que mais Adam traz para vocês?
Roger: Ele traz teatralidade e uma presença carismática incrível no palco. Em muitos aspectos, ele me lembra Freddie, porque ele é muito engraçado, mas de outras maneiras, obviamente ele é diferente de Freddie. O alcance vocal dele é incomparável, mas ele tem essa maravilhosa teatralidade que, obviamente, se encaixa muito bem com a gente, mas a coisa mais importante é que ele é Adam Lambert e ele não está tentando ser Freddie Mercury, nós não queremos alguém que vá tentar imitá-lo, queremos alguém que tenha sua própria personalidade e que possa cantar as nossas músicas de forma brilhante.
Mike: Você já pensou, antes que ele aparecesse, em termos de que, se você está tentando substituir Freddie Mercury, mesmo se você não está procurando alguém para substituí-lo, mas acrescentar algo ao que vocês já têm, isso é um trabalho árduo, não é?
Roger: Para ser honesto, Brian e eu, nós realmente levamos as coisas na vida tal como vêm, não foi planejado, simplesmente aconteceu, foi natural e graças a Deus está funcionando de forma brilhante, nós estamos muito felizes de estar indo para a Nova Zelândia.
Mike: Mas ele era um grande fã do Queen, não era?
Roger: Eu acho que ele era sim, ele descobriu Queen bastante tarde, provavelmente por meio do filme “Quanto Mais Idiota Melhor” que foi um enorme sucesso na década de 90, Adam descobriu bastante tarde, mas eu acho que ele era um grande fã.
Mike: O que você acha do American Idol, pense em quando vocês estavam começando, se vocês tivessem ido a um programa de TV e se apresentassem “Oi somos o Queen”… quão longe você acha que vocês teriam ido?
Roger: Eu não acho que teríamos conseguido ir muito longe, mas eu preferiria qualquer outra coisa
do que ir em um show como esse para ser colocado nessa situação. Eu prefiro procurar nosso próprio caminho… ir a bares, faculdades e outros lugares mas eu acho que realmente esse tipo de show é apenas um programa de TV, eu não acho que isso tem muito a ver com a música em si.
Mike: Embora, Adam teria sido descoberto de outra forma ou meio, porque em qualquer programa de talento da tv, ele seria uns dos melhores, certo?
Roger: Na verdade, sim, a voz dele ninguém pode negar, ele tem a voz mais incrível, agora, se ele teria sido famoso de outra maneira, eu não poderia dizer, mas estou feliz que ele funcionou conosco.
Mike: Exatamente, você acha que é mais fácil nos dias de hoje, fazer estes programas, diferente do que vocês fizeram, como ir a clubes e ser descoberto, para ter um empresário da música e obter uma gravadora?
Roger: Eu acho que sim, mas eu ainda acho que o coração da música mais do que nunca hoje em dia é a música ao vivo.
Mike: E sobre a turnê, vocês estão gostando?
Roger: Estamos realmente gostando, todas as noites são incríveis, shows lotados e isso é ótimo, nós amamos fazer o que a gente fez durante toda a nossa vida e estamos gostando muito de fazê-lo novamente agora.

Fonte: Rádio Newstalk ZB

Tradução: Sandra Saez



Rádio More FM da Nova Zelândia Entrevista Adam Lambert – 16/07

By in julho 18, 2014 • Filed in: Áudio, Entrevista, Rádio

Si & Gary da Rádio More FM da Nova Zelândia conversaram com Adam Lambert via telefone nesta semana (16) a respeito da sua turnê com e Queen na Nova Zelândia. Confira como foi a entrevista:

Si: Aqui é a More FM. Bem, é um grande prazer de ter conosco no programa Adam Lambert. Ele ganhou a 8ª temporada, e provavelmente com a moda mais dramática do American Idol, Adam Lambert bom dia para você.
Adam: Bom dia, obrigado por chamar minha moda de “dramática”.
Si: E foi e de uma maneira foi ótimo, agora você tem uma voz tão marcante, isso não é novo para você, mas você já vem apresentando-se desde que era um garotinho não é mesmo?
Adam: Eu tenho, sim, eu acho que isso é o que eu estava destinado a fazer e neste momento eu acho que isso é essencial.
Si: E uma outra coisa, a Times disse que você é o primeiro artista pop gay assumido em lançar uma carreira em uma grande gravadora nos Estados Unidos… ser gay teve alguma importância para você, teve uma grande influência na sua carreira?
Adam: Na mídia, especialmente há cinco anos atrás quando tudo começou, eu acho que eles meio que objetivaram-o um pouco, porque eu acho que precisava ser feito, eu acho que ajudou a empurrar as coisas e abrir um pouco as portas. Não é fácil ser um dos poucos na indústria da música e por isso houve desafios com isso, mas sempre houve várias recompensas também em ser um dos poucos no início, é uma honra.
Si: Quando você começou no American Idol, você esteve na 8ª temporada obviamente você já tinha um pouco de expectativas lá, foi melhor do que você pensou que seria, mais difícil do que você pensou que seria ou como esperava que seria?
Adam: Eu acho que foi… eu não esperava estar lá por muito tempo, eu pensei que iria sair imediatamente, eu pensei que Simon Cowell ia colocar minha cabeça em uma bandeja na segunda semana, e não há maneira de que eu iria passar e cada semana que eu ficava, eu pensava “sério?” E então eu comecei a ouvir o que as pessoas estavam falando, havia uma série de murmúrios, eu estava chocado e até a meados do caminho eu pensei comigo mesmo “bem isso está acontecendo, vou aproveitar ao máximo e me divertir com isso.”
Si: Notei que você também foi escolhido para a lista das dez pessoas mais fascinantes de 2009 da Barbara Walters. Você é provavelmente ainda mais fascinante agora.
Adam: Sim, é totalmente um elogio sim e ela é muito interessante para conversar. Fiquei muito honrado em estar no programa dela, quando tudo isso aconteceu há cinco anos atrás, muitas coisas foram realmente emocionantes, eu não podia acreditar e aqui estou hoje em turnê com Queen e minha vida é feliz e eu estou muito grato.
Si: Quem é a pessoa mais interessante que você já conheceu na sua vida?
Adam: Hummm… a pessoa mais interessante que eu conheci… Brian May e Roger Taylor são certamente muito interessantes e nos últimos pares de semanas, eu comecei a trocar histórias com eles e eles estão me contando muitas coisas incríveis, memórias que eles têm do rock and roll que são realmente fabulosas, tem sido bastante maravilhoso.
Si: E deve ser porque Queen é uma das bandas mais conhecidas, mais famosas e mais respeitadas e realmente estar no palco com eles deve ser… você deve se beliscar e pensar que tudo isso é surreal.
Adam: É, é surreal, especialmente com fato de que Freddie, o vocalista, nunca haverá outro Freddie Mercury… ele é uma lenda, eu aprendi muito ouvindo ele e sua voz e sua composição e seu estilo de apresentar-se, ele é único, e ele mudou orock and roll para sempre.
Si: Houve algum momento de hesitação, quando lhe pediram para ser o vocalista do Queen, e você não disse “humm… não obrigado isso
é pedir muito”.
Adam: Não, definitivamente, nas primeiras vezes que saímos juntos e fizemos alguns shows foi definitivamente bem difícil, principalmente porque eu pensei “que os fãs incondicionais do Queen vão pensar, eu quero que eles estejam de acordo com isso” e, claro, você não pode convencer a todos eles, eu tenho certeza que há alguns que não estão de acordo e por uma boa razão.
Si: Bom para você e se vale a pena dizer, eu acho que você é uma excelente escolha também, os bilhetes estarão à venda quinta-feira, 24 de Julho no ticketmaster.com, à venda para ver Adam Lambert e Queen, será um show espetacular na Vector Arena de Auckland em 03 de Setembro aqui na Nova Zelândia. Então Adam muito obrigado por ser tão gentil com o seu tempo, gostamos muito de falar com você.
Adam: O prazer é meu.
Si: Tudo de melhor para a turnê.
Adam: Muito obrigado, mal posso esperar estar lá e ver vocês. Eu amo Nova Zelândia.

Fontes: Adam Lambert Fan Club, Rádio More FM e Adam Lambert TV

Tradução: Sandra Saez



Os pais de Adam Lambert são seus “maiores fãs”

By in julho 5, 2014 • Filed in: Artigos e Entrevistas, Áudio

Desde que Adam Lambert foi vice-campeão na oitava temporada do American Idol, ele vem trabalhando sem parar, fazendo álbuns, turnês e atuando. Atualmente, Adam está em turnê como vocalista da banda Queen, e nós, Glamberts, sabemos que ele tem uma das bases de fãs mais dedicadas do mundo. No entanto, se você questioná-lo quem realmente são seus “fãs mais dedicados”, ele vai te dizer que são seus pais, que o apoiam através de tudo, não importando o quê. Confira esta declaração no áudio abaixo:

Adam: Meus pais são realmente muito legais, eles são super modernos. Minha mãe, obviamente, não tem objeções à maneira de como eu me estilo, mas tem havido momentos tipo “Por que você usa delineador nos olhos, talvez você não deveria usar isso” e eu digo “Mãe, isso sou eu. Eu só estou sendo eu mesmo, estou tentando ser autêntico” e ela fala “Okay, eu acho que você faz o que você quer fazer, por que você fez esses buracos na sua orelha? huh”.

Fontes: Adam Lambert TV e Hollywood Outbreak

Tradução: Sandra Saez



Novo Álbum de Adam Lambert deve ser “o mais forte da sua carreira”

By in junho 27, 2014 • Filed in: Áudio, Rádio

Sabemos que Adam Lambert atualmente está a todo vapor em sua turnê com o Queen, mas ele continua bastante focado no trabalho de seu terceiro álbum de estúdio, que tudo leva a crer que venha a ser “o mais forte de sua carreira”. Confira abaixo o áudio do que Ryan Seacrest falou sobre o assunto em seu programa On Air With Ryan Seacrest, e a respectiva tradução abaixo:

Ryan: Adam Lambert tem estado muito ocupado trabalhando no seguimento do seu álbum “Trespassing” de 2012, e nós estamos ouvindo que talvez seja o mais forte de sua carreira, ele está focado, ele está inspirado e Adam está muito feliz com sua direção e o melhor de tudo, se espera que saia até o início do próximo ano, por agora você pode ver Adam em turnê com Queen, ingressos estão à venda agora.

Lembrando que Adam passou alguns meses gravando em estúdio na Suécia com vários compositores famosos, como Max Martin, entre outros.

Fontes: Ryan Seacrest, Ryan Seacrest/SoundCloud e Mjsbigblog

Tradução: Sandra Saez