Archive for the ‘Áudio’ Category


Nicky Byrne e Jenny Greene da RTÉ 2fm da Irlanda entrevistam Adam Lambert – 04/06

By in junho 13, 2015 • Filed in: Áudio, Entrevista, Rádio

Nicky Byrne e Jenny Greene da Rádio RTÉ 2fm da Irlanda também entrevistaram Adam Lambert via telefone na semana passada (04). Confira:

Primeiro o entrevistador, Nicky, apresenta Adam como: “multi premiado cantor e estrela internacional Adam Lambert!”. Após as boas-vindas, os entrevistadores comentam sobre os fãs e de como o twitter entrou em frenesi depois que divulgaram que estariam entrevistando Adam. Fazem uma pequena confusão em relação ao nome correto dos fãs, mas Adam corrige dizendo que os fãs são chamados de Glamberts, pois deriva de seu nome Lambert.

Perguntam a Adam sobre a nova canção “Ghost Town” Adam responde: “Tem uma múltipla personalidade durante a canção, começa com um acústico de violão, é sobre aquele momento em que você questiona o que você é e em que você acredita, você entra em questão e começa a repensar, sabe, seu coração está partido por causa disso, você se sente perdido, vazio por dentro, então essa batida louca entra na música e eu penso que é o remédio para superar isso”. Os entrevistadores comentam a resposta de Adam, como uma resposta épica pela riqueza de detalhes. Adam se justifica e diz que é devido à prática na divulgação de seu álbum já que são muitas entrevistas.

Jenny, a entrevistadora, questiona sobre as expectativas envolvidas quando estava no American Idol em 2009, Adam responde: “Sim, eu não esperava chegar tão longe quanto cheguei. Naquela época eu só estava interessado em fazer música, escrever e encontrar pessoas para trabalhar, estava testando todas as tentativas possíveis, eu tinha 27 anos e percebi que era minha chance e pensei por que não? Estou feliz por ter feito isso, na verdade isso funcionou muito bem.” Nicky pergunta se ele terminou em segundo e quem o venceu, Adam responde que sim, terminou em segundo e o vencedor foi Kris Allen. Os entrevistadores comentam que não se lembram de Kris. Jenny então questiona se Adam concorda que às vezes é melhor não ganhar, Adam diz: “Quem sabe? Nos Estados Unidos duas grandes artistas vieram do American Idol e ambas ganharam (Kelly Clarkson e Carrie Underwood), mas temos, por exemplo, Jennifer Hudson que ficou em sétimo lugar e é fantástica, acho que é um misto de coisas”.

Nicky pergunta sobre como é estar à frente de uma banda legendária como o Queen, Adam diz: “Foi um círculo completo, digo, eu cantei ‘Bohemian Rhapsody’ na minha audição do Idol, eles convidaram-nos para a final para cantarmos ‘We Are The Champions’, foi a primeira vez que me encontrei com Brian May e Roger Taylor, havia definitivamente uma conexão, alguns anos depois nos reunimos algumas vezes, nos apresentamos no MTV EMA, fizemos alguns shows no leste europeu e em Londres, fizemos um medley de músicas no iHeart adio, foi tão bom que resolvemos entrar em turnê juntos”. O entrevistador comenta sobre a apresentação de Adam e do Queen na festa de Ano novo em Londres, Adam diz que foi fantástico. O entrevistador questiona sobre novos shows com Queen e Adam responde: “Sim, nós temos mais shows em Setembro, teremos na América do Sul estaremos no Rock in Rio, vai ser muito divertido estar lá, eu nunca estive na América do Sul então isso é muito empolgante.”

Questionado sobre seu novo álbum “The Original High”, Adam comenta que tem como produtores executivos: Max Martin e Shellback, que são grandes produtores de hits, e foram responsáveis por dois hits de sucesso em seu primeiro álbum. “Foi muito empolgante estar de volta ao estúdio com eles, nós queríamos fazer algo um pouco diferente, algo que refletisse o momento em que estou em minha vida, um novo som, uma nova vibe, trabalhei dois meses em Estocolmo, Suécia, estava em turnê com Queen, terminei-o em L.A. Foi realmente muito interessante fazer algo diferente, não é tão teatral como os que fiz no passado, é mais ‘pé-no-chão’, um pouco mais melancólico, tem um novo som. Eu entrei na vibe da house, tem um pouco de POP, R&B, estou muito empolgando para que as pessoas possam ouvir.” Nicky cita exemplos de hits de outros artistas produzidos pela mesma equipe com que Adam trabalhou e pergunta o quão incrível deve ser estar em Estocolmo escrevendo canções com um dos reis da composição POP. Adam comenta o quão legal, pé no chão, talentoso é Max Martin. Após isso o entrevistador comenta sobre a grande lista de hits feitos por ele, e Adam acrescenta: “Ele sabe exatamente exaltar o melhor no artista. Eu sou muito grato por ser um desses artistas, ele me encorajou a testar novas sonoridades em minha voz, ir a diferentes direções, tem muitas ideias novas em minha voz nesse álbum, diferente do passado”.

Questionado sobre uma turnê já que ele tem fãs ao redor do mundo Adam responde: “Espero que sim, eu realmente adoraria transformar esse álbum em uma turnê, espero que as pessoas gostem do álbum, conheçam as músicas para que assim eu possa embarcar nisso.”

Nicky agradece Adam pela presença e pede para que ele faça uma introdução de seu single “Ghost Town” que irá tocar na rádio. Adam diz: “Senhoras e Senhores, eu sou Adam Lambert. esse é meu mais novo single do meu álbum ‘The Original High’ chamado ‘Ghost Town’.” O entrevistador agradece novamente e “Ghost Town” começa a tocar.

Autoria do Post: Josy Loos
Tradução: Gabriela Macieira
Fontes: Adam Lambert TV, Adam Lambert Media e RTÉ 2fm

Share/Bookmark


Sebastian “Basse” Widman da Rádio RIX FM de Estocolmo entrevista Adam Lambert – 02/06

By in junho 12, 2015 • Filed in: Áudio, Entrevista, Fotos, Rádio

Sebastian “Basse” Widman do programa Spotify Topp 40 da Rádio RIX FM de Estocolmo (Suécia) também entrevistou Adam Lambert no mesmo dia da entrevista anterior. Confira:

Basse começa a entrevista perguntando o que é a primeira coisa que aparece em mente quando escuta o nome Suécia, Adam responde “The Original High”, porque o álbum começou aí, e é ótimo estar de volta para promover o álbum, voltar nos lugares que foi antes, gosta muito da cidade.

Continua comentando sobre um fato curioso diferente dos suecos e pergunta se Adam deixa que os convidados entrem com sapatos na casa dele. E Adam responde que sim que não tem nenhum problema com isso, e ele tem uma pessoa que limpa a casa duas vezes por semana.

Elogia a canção “Ghost Town” e pede que comente um pouco sobre ela, e Adam responde que é sua canção de personalidades múltiplas, com um som diferente do que já fez antes. Pergunta como se sente ter uma canção que continua crescendo cada dia, Adam diz que é ótimo, ele quer ter a oportunidade de fazer uma turnê, se a canção é famosa isso pode ser possível.

Basse pergunta o que esperar do novo álbum, Adam responde que tem algumas canções que têm um estilo de som parecido ao “Ghost Town”, tem baladas, duas colaborações, tudo tem uma nova vibração.

Pergunta se Adam acessa o YouTube para buscar a ele mesmo, e Adam responde que às vezes depois de uma apresentação ele gosta de ir ver como foi, e ver o que pode melhorar da próxima vez.

Continua perguntando qual é o aplicativo que mais ocupa no celular, Adam responde que adora o Instagram.

Pergunta se sempre esteve claro que queria ser músico, Adam responde que sim, sempre foi atraído pela música.

Outra pergunta foi, qual foi o erro de moda maior da carreira dele, e Adam responde que pode ser qualquer coisa de três anos atrás.

E pergunta qual é o futuro dele, no que Adam responde que agora está viajando promovendo o álbum e espera que logo possa fazer uma turnê.

Autoria do Post: Josy Loos
Tradução: Sandra Saez
Fontes: Adam Lambert Media, Adam Lambert TV e RIX FM



Laila & Marko da Rádio RIX FM de Estocolmo entrevistam Adam Lambert – 02/06

By in junho 12, 2015 • Filed in: Áudio, Entrevista, Fotos, Rádio

Laila & Marko do programa RIX MorronZood da Rádio RIX FM de Estocolmo (Suécia) entrevistaram Adam Lambert no início do mês (02). Confiram como foi a entrevista:

A radio dá uma introdução em Sueco sobre Adam, e a entrevista começa perguntando se algum dia um namorado terminou com ele de uma maneira estranha, ou ele terminou mal com alguém, Adam responde dizendo que sempre tenta ser sensível sobre isso, normalmente ele se senta pra ter uma conversa, mas outra pessoa sim terminou com ele de uma má maneira, ele deixou de falar com ele de repente.

Toca a música “Whataya Want From Me”, e ele fala que essa foi uma canção bem grande, que adora e está muito agradecido por isso.

Ele pergunta como é trabalhar com os suecos, Adam responde, que se diverte muito com os suecos, todo mundo é bem descontraído, as pessoas deixam fazer o que você quiser fazer, se sente aberto e livre. Pergunta se é diferente trabalhar com os suecos comparado com outros lugares, o que Adam acha diferente é que os suecos tem mais os pés no chão, e realistas, foi uma das experiências mais descontraídas que já teve. Ele diz que tentou que Shellback falasse algo de Adam e disse que Shellback falou que Adam é um cara muito legal e um ótimo cantor. Adam diz que Shellback tem um talento maravilhoso.

Continua comentando que escutou por aí que Adam compra sapatos online quando está embriagado, Adam confirma que sim, e já não tem espaço no armário com tantos sapatos.

Eles elogiam o vídeo do “Ghost Town”, e logo começam com várias perguntas que só pode responder sim ou não. 1ª pergunta, se já jogou vídeo-game nu, Adam responde que “Sim”. 2ª pergunta, se alguma vez roubou algo, Adam responde “Não”. 3ª pergunta, se já ficou intimamente com um sueco, Adam responde “Sim”. 4ª pergunta, se já fez cocô com alguém presente, Adam responde “Sim”. 5ª pergunta, se já foi perseguido pela polícia, Adam responde “Não”. 6ª pergunta, Freddie Mercury foi o melhor cantor do mundo, você é o segundo melhor, Adam responde primeira pergunta “Sim”, segunda “Não”. 7ª pergunta, se apara os pelos pubianos, Adam responde, “Claro”. 8ª pergunta, se já fumou algum cigarro que é proibido na Suécia, Adam responde “Talvez”. 9ª pergunta, se existe alguma foto nua dele, Adam responde “Não, porque é perigoso, nunca está salvo”. 10ª pergunta, se já pagou mais de 4 mil dólares por alguma peça de roupa, Adam responde “Sim”. Última pergunta, se você ama Rix MorronZoo, Adam responde “Claro que sim!”.

Confira mais fotos aqui.

Autoria do Post: Josy Loos
Tradução: Sandra Saez
Fontes: @LambritsUK, Adam Lambert TV, Adam Lambert Media e RIX FM



Tradução de “The Original High”

By in junho 11, 2015 • Filed in: Áudio, Letras, Música

THE ORIGINAL HIGH [A Alta Inicial]
Adam Lambert, Fredrick Samsson, Larsson, West, Axident, Shellback

Eu tenho a necessidade da velocidade em uma noite quente
Tentando chegar a 150, apenas para sentir um pique
Não há conforto no conforto, Eu preciso chegar num limite
Mas o limite continua à deriva, é tudo coisa da minha cabeça
Ooh lembre-se, de volta em Hollywood
A medicação em minhas veias era você
Sim, o verão, de volta em Hollywood
A medicação, medicação

Apenas deixe-me sentir a adrenalina como a da primeira noite
Queria expirar fora, porque eu me descontrolava
Tenho que sentir o toque, como da primeira vez
Porque eu estou perseguindo a alta inicial
Perseguindo a alta inicial
Perseguindo a alta inicial
Perseguindo a alta inicial
Perseguindo a alta inicial

Estou tentando comprar um ajuste, mas isso não tem preço
Eu tento alimentar a fome que me mantém acordado à noite
Estávamos em uma viagem e eu tento repetir
Mas o ponto máximo atingido apenas não faz isso por mim
Ooh lembre-se de volta em Hollywood
A medicação em minhas veias era você
Sim, o verão de volta em Hollywood
A medicação, medicação,

Apenas deixe-me sentir a adrenalina como a da primeira noite
Queria expirar fora, porque eu me descontrolava
Tenho que sentir o toque, como da primeira vez
Porque eu estou perseguindo a alta inicial
Perseguindo a alta inicial
Perseguindo a alta inicial
Perseguindo a alta inicial
Perseguindo a alta inicial

Oooh o verão que permanece em minha mente, porque você e eu estávamos muito vivos dentro (disso)
O tempo de verão não sai da minha cabeça
O tempo de verão não sai da minha cabeça
O tempo de verão fica em minha mente porque você e eu nunca morríamos nisso
O tempo de verão não sai da minha cabeça
Perseguindo a alta inicial… alta… alta… alta… altaaaaaa
Tãoooooo altooooooo,

Apenas deixe-me sentir a adrenalina como a da primeira noite
Queria expirar fora, porque eu me descontrolava
Tenho que sentir o toque, como da primeira vez
Porque eu estou perseguindo a alta inicial
Perseguindo a alta inicial
Perseguindo a alta inicial
Perseguindo a alta inicial
Perseguindo a alta inicial

NOTA: Importante entender que “Original High” é uma expressão que precisa ser entendida como um todo. Analisada dentro desse contexto, seria como ter atingido um “frisson” – um clímax, um pico. Podemos definir isso como uma sensação de prazer intenso, um gozo na alma, a felicidade em demasia. Seria como sentir-se flutuando devido a esse sentimento, atingido numa velocidade extrema (alta).

Ouça aqui a música e aqui confira a letra original em inglês.

Autoria do Post: Josy Loos
Tradução: Mônica Smitte



Heidi, Will & Woody da Rádio HIT 92.9 da Austrália entrevistam Adam Lambert – 03/06

By in junho 11, 2015 • Filed in: Áudio, Entrevista, Rádio

Adam Lambert também foi entrevistado via telefone por Heidi, Will & Woody da Rádio HIT 92.9 de Perth (Austrália) na última semana (03). Confira como foi a entrevista:

Entrevistador: Essa é “Ghost Town” de Adam Lambert aqui na 92.9, na verdade esse incrível homem está aqui conosco agora!

Heidi: Oi Adam!

Adam: Olá, como vocês estão?

Heidi: Estamos bem! Parabéns pelo seu álbum “The Original High”.

Adam: Obrigado! Estou muito empolgado, finalmente está chegando a hora das pessoas ouvirem.

Entrevistador: Adam eu estou interessado em saber “The Original High” o que é isso?

Adam: Você me diga, sabe, penso que todos possuem algo que estão perseguindo, algumas adrenalinas, emoções, algo que lhes dão algum sentimento específico. E muitos passam a vida tentando recriar isso.

Entrevistador: WOW Adam, isso é muito profundo.

Adam: Sim, tem vários modos diferentes de olhar o título, por exemplo, nesse álbum têm várias influências dos anos noventa, quando pela primeira vez ouvi música dance então eu queria que a inspiração para esse álbum remetesse a essa primeira sensação de quando ouvi música dance e fiquei tipo: “Oh, isso é legal”.

Entrevistador: Você está perseguindo esse sentimento pelo álbum, você acha que essa busca tem fim?

Adam: Sabe, não eu não acho, essa é a grande charada de tudo, adivinhem, você nunca termina, nunca termina de crescer de aprender.

Entrevistador: Isso me lembrou da frase final de “O Grande Gatsby” que diz: “Assim vamos teimando, proas contra a corrente, incessantemente cortando as águas, a caminho do passado.” E eu penso que é isso que você está fazendo também.

Adam: Caramba! Isso é bom, sabe tenho que te dizer você sempre se destaca em relação a outras entrevistas, você é tão inteligente.

Entrevistador: Obrigado! Sabe essa vem de “Forrest Gump”: “Corra Forrest, corra!” obviamente estava perseguindo isso.

Heidi: Bem Adam, você saiu em turnê com o Queen como vocalista. Você deve ter sentido uma tremenda mudança na sua carreira, lembro de você no Idol, isso era um sonho.

Adam: Sim definitivamente foi um círculo completo. Entrei no programa cantando “Bohemian Rhapsody” e agora seis anos depois estou no palco como vocalista ao redor do mundo, isso é insano.

Entrevistador: Todas as reviews que li, diz que você fez um ótimo trabalho, e mesmo o que eu li ou ouvi, Freddie Mercury entrou para história como um dos melhores artistas ao vivo, não apenas como um performer, mas um entertainment, ouço histórias sobre os shows em Wembley, no Reino Unido, nos concertos Live Aid, quando ele tinha literalmente a coroa na palma de suas mãos. Certamente você indo nessa turnê, você pensou: “Oh, meu Deus”. Devia haver muita pressão em cima de você, tentar atingir as expectativas dos fãs do Queen.

Adam: Eu fiquei do tipo: “Ok, sem pressão”. Acredite em mim, eu senti isso, senti a pressão, mas após os primeiros shows me senti melhor. Uma das coisas que queríamos deixar claro é que nem eu nem ninguém que estávamos no show queríamos substituir ele, pois isso seria estúpido. Freddie é um dos meus artistas favoritos de todos os tempos, um incrível vocalista, incrível compositor, sua presença de palco era incomparável. Eu queria dividir com os fãs da platéia o quanto ele me inspirou e celebrá-los.

Entrevistador: Você está fazendo um ótimo trabalho com o novo álbum de estúdio “The Original High”, com lançamento para 12 de Junho. Estou muito empolgado com sua nova música “Ghost Town” que já está disponível e também está tocando aqui na 92.9. Nela podemos entrar no mundo dance e podemos ouvir batidas eletrônicas ao fundo. Sucesso, foi ótimo falar com você.

Heidi: Foi um enorme prazer falar com você Adam.

Adam: Obrigado!

Entrevistador: Foi um prazer te receber, tenha um bom dia!

Adam: Obrigado galera, foi ótimo falar com vocês também!

Autoria do Post: Josy Loos
Tradução: Gabriela Macieira
Fontes: Adam Lambert TV, Adam Lambert Media e Rádio HIT 92.9



Rádio Fly FM da Malásia entrevista Adam Lambert – 05/06

By in junho 10, 2015 • Filed in: Áudio, Entrevista, Rádio

Na última semana (05) Adam Lambert foi entrevistado via telefone por Guibo da Rádio Fly FM da Malásia. Confira:

Entrevistador: Muito bem, meninos e meninas é agora que vou falar com o único Adam Lambert que deverá telefonar-me a qualquer momento a partir de agora!

*Toca o telefone”

Entrevistador: Olá, fala o Adam?

Adam: Sim!

Entrevistador: Olá, tudo bem? Fala o Guibo e eu represento uma rádio aqui da Malásia chamada Fly FM. Sei que você tem pouco tempo, portanto vamos começar. Provavelmente te perguntam muitas vezes… mas como era a tua vida mesmo depois do American Idol?

Adam: Era tudo uma novidade! Era a primeira vez que algo do gênero me acontecia, estava apenas a me acostumar e fiquei um pouco surpreendido, mas muito entusiasmado.

Entrevistador: E se cantar não fosse a tua carreira hoje em dia o que estaria fazendo?

Adam: Não faço a mínima ideia! Atuo desde criança e acho que era o que estava destinado para mim.

Entrevistador: Muito bem, o Glambert sabe o que quer da vida! Vamos falar do teu novo single “Ghost Town”, tem um som muito fresco mas ao mesmo tempo é mais obscuro. Então, como é que isto aconteceu? Você andou à procura de produtores, porque isto sai um pouco da tua zona de conforto não?

Adam: Sim claro, é um novo estilo para mim, que de certa forma reflete o que tenho andado a ouvir, mas que eu adoro. O álbum no geral foi produzido por Max Martin e Shellback, que no meu primeiro álbum fizeram “Whataya Want From Me” e “If I Had You”, portanto foi fantástico voltar ao estúdio com eles. A primeira vez gravamos a música de uma forma totalmente diferente e depois como queríamos algo interessante tentamos adaptar o estilo house dos anos 90 que está tanto na moda hoje em dia e umas semanas depois a música estava acabada naquela que é a versão atual e eu adorei! Chama muito a atenção!

Depois falam sobre quando Adam volta à Malásia, ele não promete nada, espera que os fãs na Malásia gostem do novo álbum e o entrevistador despede-se.

Autoria do Post: Josy Loos
Tradução: Rita Cardoso
Fonte: @14gelly



Angus & Ash do Shazam Top 20 da Rádio Sea 100.9 da Austrália entrevistam Adam Lambert – 03/06

By in junho 8, 2015 • Filed in: Áudio, Entrevista, Rádio

Angus O’Loughlin e Ash London do Shazam Top 20 da Rádio Sea 100.9 da Austrália, também entrevistaram Adam Lambert na última semana (03). Confira:

Angus: A nova música dele entrou para o top 20, se chama “Ghost Town” ele é um superstar, Glamberts é quem vocês estavam esperando…

Ash: Adam Lambert.

Adam: Oh, muito obrigado! Como estão vocês?

Ash: Bem! Nós escutamos a canção Adam, nós amamos, mas não sabemos muito a respeito, essa é sua (música) chave, conte-nos tudo!

Adam: Penso que é algo diferente do que as pessoas estavam acostumadas a ouvir de mim no passado. Eu continuo dizendo isso, é como uma canção pop esquizofrênica, você tem dois lados diferentes nela. É definitivamente um sincero sentimento folk no começo. Eu amo isso, porque eu realmente coloquei meu coração e após isso tem uma batida dance ótima!

Angus: Demi Lovato disse que a música favorita dela para academia é “Ghost Town”! Você já tinha ouvido isso? Ela disse-lhe o que escolher para ouvir enquanto faz alguns exercícios de bíceps?

Adam: Eu vi isso! Ela me mandou uma mensagem e me disse! Demi é ótima, nós nos encontramos no set de Glee, eu a tinha ouvido cantar, me lembro quando “Skyscraper” foi lançada, vi uma apresentação ao vivo dela em um evento, eu fiquei: “Essa garota é incrível” e eu a vi nos bastidores e disse-lhe “você é incrível, uma ótima cantora”, eu estava realmente muito impressionado e encontrei-a no set de Glee e pudemos trabalhar juntos, sabe ela é uma estrela, ela é muito legal e então nos tornamos amigos.

Ash: Adam você já retribuiu o favor alguma vez a Demi, fazendo exercícios com alguma música dela, ou tem alguma música dela na playlist de academia?

Adam: Acredite em mim, “Heart Attack” é meu vício. Meu vício na esteira.

Ash: Os Glamberts australianos no Twitter gostariam de saber quando você voltará, estamos sentido sua falta cara!

Adam: Espero que em breve, eu ouvi que a canção foi bem recebida, o que é incrível, estou muito empolgado. Eu amo estar aí, eu estive com a turnê do Queen ano passado. Foi muito bom poder me conectar com os fãs novamente e eu tenho estado com todos os meus álbuns aí. Os Glamberts australianos são uma ótima audiência, não vejo à hora de estar em turnê.

Angus: Adam muito obrigado por estar conosco no Shazam Top 20. Seu álbum sai em 16 de Junho, “The Original High”. Obrigado por voltar ao Top 20.

Ash: Obrigada!

Adam: Muito obrigado, foi bom estar com vocês!

Autoria do Post: Josy Loos
Tradução: Gabriela Maceira
Fontes: Adam Lambert TV, Shazam Top 20/YouTube e Shazam Top 20



Rádio JOY 94.9 da Austrália entrevista Adam Lambert – 03/06

By in junho 8, 2015 • Filed in: Áudio, Entrevista, Fotos, Rádio

Leo e Brian da Rádio JOY 94.9 de Melbourne (Austrália) também entrevistaram Adam Lambert via telefone na semana passada (03). Clique aqui para ouvir e abaixo confira os destaques da entrevista traduzidos:

Rádio Joy 94.9: Você está ciente de quão boa a sua voz é?
Adam: Está pagando as contas… assim estou muito grato por isso.

Rádio Joy 94.9: O que você aprendeu sobre a indústria da música desde o seu último álbum?
Adam: Eu aprendi como funciona tudo, com o primeiro álbum, tudo aconteceu tão rápido depois logo que saí do Idol, tive muita sorte de trabalhar com produtores incríveis para fazer um álbum incrível, mas muita coisa aconteceu que eu não entendia, com “Trespassing” eu fui mais ao fundo no processo, fui o produtor executivo do álbum, aprendi como fazer um álbum, sua composição, e sobre a indústria de como tudo funciona e sua política, tem muita coisa envolvida no processo, e o que é maravilhoso com este álbum é que me sinto mais preparado, mais relaxado porque já entendo do assunto.

Rádio Joy 94.9: No novo álbum, você tem uma nova gravadora, trabalhou com novos produtores, este é Adam Lambert reinventado?
Adam: Eu não pensei sobre isso dessa forma, mas é uma forma interessante de colocá-lo, mas definitivamente é um som novo para mim, a música tem um estilo diferente do que eu tinha feito antes, vocalmente ele tem um pouco mais de alcance. Max Martin e Shellback me ajudaram a encontrar um novo som, me incentivou a tomar riscos, me desafiou para trazer mais emoção às músicas e conseguiram tirar o melhor de mim, estou muito grato.

Rádio Joy 94.9: Você sempre parece à frente das novas tendências quando você vai a um estúdio de gravação, você trabalhou com Nile Rodgers e Pharrell antes da canção “Happy” ser famosa, agora seu novo álbum também é inovativo, como você faz isso?
Adam: Eu escuto muita música, sou obcecado com novas músicas, eu amo muito, adoro ouvir o que todo mundo está fazendo e comprar música, gosto de ouvir o tempo todo, eu acho que prestar atenção às tendências na música e o que as pessoas estão amando é o meu trabalho como artista. E quando eu ouvi que as músicas estilo house dos anos 90 voltaram, realmente me encantou porque eu cresci na década de 90 e me lembro de ouvi-los, é tão nostálgico para mim, de uma maneira é por isso que eu coloquei o nome “The Original High” no álbum, tem coisas lá que me lembra a primeira vez que me apaixonei pela música contemporânea.

Rádio Joy 94.9: Você pode comentar sobre a linha tênue entre fazer um disco que você quer fazer e fazer um álbum que seria um sucesso comercial?
Adam: Trabalhar com Max Martin e Shellback me fez sentir como que não preciso me preocupar tanto, esses caras têm um grande histórico e eu confio neles, eu confiei em seu ouvido e na sua orientação, tivemos várias canções que puderam ter sido singles, mas esta se sentiu como a inspiração e introdução certa, senti que é uma bela maneira de me apresentar a todo mundo, estou feliz de mostrar um pouco mais de profundidade e outro lado da minha personalidade.

Rádio Joy 94.9: O que você acha sobre as estações de rádios que recebem muita atenção por ter você para uma entrevista, mas não adiciona a sua música à sua lista de playlist?
Adam: É parte do processo, eu tenho que atender todo mundo e esse é o negócio.

Rádio Joy 94.9: Obviamente a turnê com Queen deve ter sido uma experiência incrível, que coisas a banda te ensinou ou influenciou no seu álbum solo. Você está ansioso de ir para a América do Sul, o que você espera do público de lá?
Adam: Sim, eu nunca estive na América do sul, e estou bem animado com isso, acho que sonoramente o álbum é bem diferente do catálogo do Queen, mas o que sua música me recordou é que uma boa canção é uma boa canção, seu catálogo são clássicos, me senti revigorado na turnê, me recordou o por que eu amo ser um cantor e fazer o que eu faço, eu respeito eles por muitos motivos, e o que eu gosto deles é que eles não se preocupam sobre as pequenas coisas, eles têm uma boa perspectiva sobre a vida e negócios e me inspirou a relaxar um pouco.

Rádio Joy 94.9: As imagens no Instagram mostram que você tem passado um bom tempo na academia, isso é uma pressão para se ver bem nesta indústria?
Adam: Se você faz coisas em frente de uma câmera, uma sessão fotográfica, um vídeo ou TV, você quer ter sua melhor aparência para que você se sinta bem consigo mesmo.

Rádio Joy 94.9: Austrália ainda não têm igualdade de casamento homossexual… Se você falasse com o primeiro-ministro, o que você diria a ele? Porque precisamos o poder de uma estrela internacional.
Adam: Você sabe quantas pessoas já me pediram isso aqui na Austrália? É difícil, porque eu não sou um político… só sou um músico, mas políticas a parte, eu acho que todo mundo merece ser feliz e ser tratado de forma igual ao outro, não é complicado, é apenas uma escolha que precisa ser feita, claro que há medo e ódio, mas acho interessante porque a Austrália é um dos lugares mais liberais e mente aberta que eu já estive e espero que eles tomem uma decisão que corresponda ao que a Austrália é, um lugar aberto e agradável de estar.

Rádio Joy 94.9: O álbum é sobre alguém que você namorou?
Adam: É sobre todos eles, o álbum é sobre amor e relacionamento, ser um adulto em uma cidade como Hollywood ou em qualquer outro lugar na tentativa de encontrar o amor e satisfação, não é fácil porque todos nós estamos indo atrás de algo.

Rádio Joy 94.9: Qual é a canção favorita do seu álbum anterior que você gosta de apresentar ao vivo?
Adam: “Whataya Want From Me” é uma ótima canção até hoje, se sente muito bem, “Shady” do meu último álbum é realmente divertida.

Confira aqui uma foto da equipe que preparou e participou desta entrevista com Adam.

Autoria do Post: Josy Loos
Tradução: Sandra Saez
Fontes: Adam Lambert Media, @soundmuseum949, Rádio Joy 94.9 e @joy949