Archive for the ‘Álbum’ Category


Mais informações sobre o desempenho de “The Original High” nas paradas

By in junho 25, 2015 • Filed in: Álbum, Charts, Notícias

Na ascendência do álbum “The Original High”, ele chega às paradas dos EUA na #2, confiram abaixo o tweet da Warner Bros Promo felicitando Adam pela conquista:

Parabéns Adam Lambert! “The Original High” estreia na #2 nas paradas dos EUA! https://goo.gl/agwgh8 #Glamberts

O site da Billboard também noticiou que TH chega à #3, com 47.000 unidades vendidas.

O site brasileiro Vagalume informou que “The Original High” estreiou no Top 5 da Billboard 200, ficando na #3.

Autoria do Post: Graça Vilar
Fontes: @adamlambert_pic, Billboard, @WarnerBrosPromo e Vagalume

Share/Bookmark


Adam Lambert leva cerca de 3 horas autografando cópias de “The Original High”

By in junho 24, 2015 • Filed in: Álbum, Artigos e Entrevistas, Fotos

Confiram abaixo uma foto de Adam Lambert autografando as capas do CD “The Original High”, tarefa que, conforme foi twittado por sua agente, Shoshana Stone, em resposta à pergunta de uma fã, levou cerca de 3 horas.

Adam Lambert também postou a foto dos CD’s em seu Instagram, conforme publicamos anteriormente aqui.

Autoria do Post: Graça Vilar
Fontes: Adam Lambert TV e @shoshannastone



Digital Spy: Review de “The Original High”

By in junho 22, 2015 • Filed in: Álbum, Review

Adam Lambert: Review do álbum “The Original High” – Pop moderno tenaz

Lançado na segunda, 15 de junho 2015

Quando o “American Idol” se despedir graciosamente com sua temporada final no próximo ano, o show de talentos não poderá estar mais orgulhoso das estrelas que ele produziu. Artistas com discos de platina, ganhadores do Grammy, nomes internacionais e até uma ganhadora do Oscar. Adam Lambert pode ter ficado em segundo lugar na 8ª temporada do programa, mas ele vendeu mais de um milhão de discos no Estados Unidos, seu “Trespassing”, em 2012, o fez o primeiro artista abertamente gay a ocupar o topo das paradas da Billboard 200. Ele então continuou fazendo história na música ao fazer uma turnê com o Queen como seu vocalista e fazendo os críticos ficarem ao seu lado.

No entanto, para todo esse sucesso, Adam deixou sua gravadora desde do Idol depois que eles sugeriram que ele gravasse um álbum com covers dos anos 80. Ao invés, ele assinou um novo contrato com a Warner Music e contratou os serviços dos gurus do pop Max Martin e Shellback para produzirem “The Original High”; uma coletânea de descarados hinos pop que honra mais os anos 90 que a década anterior. As impressionantes expansões das paisagens sonoras estão quase tão perto quanto um abismo do prodigioso alcance vocal de Adam, atingindo impressionantes falsetes e improvisações de diva em seu inteiro potencial.

Mas há muitos ganchos para serem escutados e levados em conta aqui também. O assovio do velho oeste é irrefutavelmente genial, ecoando como uma tática similar usada por Max Martin e Shellback em “I Wanna Go” da Britney, enquanto a faixa-título “The Original High” alcança as oitavas apertadas em “summer time it stays on my mind” sobre um instrumental funk, é uma invasão a sua mente que é impossível de evitar. Continuando, a voltagem aumenta com a colaboração de Brian May em “Lucy”, ele sozinho já é o suficiente para recarregar os fusíveis do álbum.

Então é apenas seguro dizer que há algumas faixas que não são tão estimulantes. O grande R&B de “Underground” é um conceito intrigante para uma gravação de Adam Lambert, mas mesmo com todos os seus componentes eletrônicos e cliques, ele não invoca a atmosfera necessária para o trabalho. Novamente, o estilo de “Maroon 5” de “Evil In The Nigh” tem elementos que são promissores (melhor dizendo, o pré-refrão), mas a intenção geral não se encaixa o suficiente para criar o hino vibrante que poderia ter sido.

Isso pode ser, em parte, por algumas letras ruins. Muitas vezes “The Original High” viaja por mais um clichê ou metáfora entediante. Seja em “Baby, your love is a crime” ou “it’s a double-edged sword you’re giving” ou “She was bound to be stabbed in the back/ All for some fun in the sack”, as letras, em seus locais, precisam ser mais nítidas e mais inteligentes para adicionar alguma profundidade ao exterior bem polido.

É um problema que afeta o destaque do álbum “There I Said It”, mas o desempenho potente de Adam nessa balada sem remorsos faz com que no final você está mais disposto a esquecê-lo. “I’m a grown-ass man / And I don’t understand/ Why I should be living in the shadows” ele afirma no refrão iluminado, enfrentando o problema com uma paixão poderosa que só pode ter ascendido de um azarão cansado de lutar por respeito. Essa é uma batalha que Adam venceu algumas vezes desde de sua derrota no Idol, e felizmente aqui – apesar de suas várias armadilhas – “The Original High” é um disco pop moderno corajoso e tenaz que ele pode chamar de mais uma vitória.

Autoria do Post: Josy Loos
Tradução: Gisele Duarte
Fontes: Adam Lambert TV e Digital Spy



Críticas elogiam “The Original High” em todo o mundo: Daily News, Idolator, PopoLogy, Portis Wasp, La Parisienne, HMV, The Boston Globe, Rock On Philly, PressPLAY

By in junho 21, 2015 • Filed in: Álbum, Review

E as críticas pelo mundo continuam elogiando “The Original High”, de Adam Lambert. Confiram abaixo alguns trechos dessas críticas:

“… Timbre rico e o caráter irônico de Lambert fazem de sua música uma alegria para se ouvir… Mesmo quando contido, Lambert supera a maioria dos outros cantores.” (Daily News)

“… A voz de Lambert… tornou-se ainda mais forte e mais expressiva… É sempre emocionante ver um artista cujo talento é tão forte quanto a sua visão, e Adam Lambert parece renascer neste disco.” (Idolator)

“Adam reinventa com sucesso seu look e som e entrega o seu mais forte disco até agora.” (PopoLogy)

“‘The Original High’ é um disco bem mais aprimorado que o seu último e confirma de uma maneira realmente triste que esse garoto é o único artista masculino pop em que podemos confiar desde 2009, para a grande música pop.” (Portis Wasp-Escócia)

“… o álbum tem todas as qualidades necessárias para se tornar seu maior sucesso comercial e, finalmente, permitir que o artista tenha a carreira (internacional) que ele merece…” (La Parisienne Life-França)

“… Este é um grande álbum pop cheio de músicas intensas, e se isso não faz Lambert um nome absolutamente conhecido, é difícil imaginar o que fará.” (HMV)

“(‘Lucy’) É uma pequena amostra de como Lambert cresceu, e como ele ainda está disposto a surpreender a seus ouvintes e a ele próprio.” (The Boston Globe)

“‘The Original High’ é só mais um sucesso que Lambert pode adicionar à sua longa lista.” (Rock On Philly)

“É aí que o hit inebriante de ‘The Original High’ vem: sabendo que um talento como este tem estado na nossa frente todo o tempo, mas a sensação é de que estamos realmente descobrindo-o pela primeira vez.” (PressPLAY)

Autoria do Post: Graça Vilar
Fontes: Adam Lambert TV, Daily News, Idolator, PopoLogy, Portis Wasp-Escócia, La Parisienne Life-França, HMV, The Boston Globe, Rock On Philly e PressPLAY



The New York Times: Review de “The Original High”

By in junho 20, 2015 • Filed in: Álbum, Review

Review: Adam Lambert diminui os excessos em “The Original High”

Na sua primeira aparição Adam Lambert foi estranhamente específico. Em 2009 ele explodiu dentro do “American Idol”, um pavão que se destacou por seus gritos vocais teatrais e seu tratamento do show como uma longa audição da Broadway. Ele terminou em segundo, perdendo para o cantor “bolo de arroz” Kris Allen, o que foi sentido como um referendo para a falta de imaginação dos americanos que votam nessas competições.

No mundo real, essa marca de excesso foi uma divisória para ele também. Sr Lambert tem se balançado entre conceitos e conceitos – um aspirante de eletropop em um momento, o vocalista substituto do Queen em seguida.

Talvez, para ter sucesso, Sr Lambert tem que encontrar uma maneira de submeter-se a algo melhor. E em “The Original High” seu terceiro álbum de estúdio, ele conseguiu exatamente isso. O álbum tem como produtores executivos Max Martin e Shellback, os mercenários do pop com respeitáveis músicas sobre amor nos anos de 80 e energéticas musicas dance nos anos 90. Eles encontram em Sr Lambert sua habilidade de ser vago. Perversamente, isso o libertou.

“Ghost Town” é talvez o melhor single que ele já lançou. No primeiro refrão, começa uma batida como as do começo dos anos 90, e Sr Lambert não tenta ser melhor que a batida. Em vez disso, ele se transforma em uma house diva, cantando com precisão e ambição, mas em serviço da música. Essa estratégia continua em “The Original High” e mesmo em “Another Lonely Night” que poderia ter sido a trilha sonora de “Top Gun”. Ele canta com uma intensidade particular em “Lucy”, uma grande escalada no estilo épico do rock, mas mesmo aqui ele deixa a guitarra ter a voz mais alta.

Sr Lambert já tentou essa escalada no pop antes, em seu álbum lançado em 2012, “Trespassing”, mas ele ainda estava lutando com seu estilo ali. Aqui, Sr Lambert está completamente comprometido com a fórrmula: 10 das 11 músicas têm menos de quatro minutos. Por um lado há alguns tropeços – Mr. Lambert não tem a severidade do R&B suficiente para “Underground’. “Rumors” foi criada com um sintetizador bizarro ao estilo de “Lollipop” de Lil Wayne – por outro não há quase nenhuma extravagância. Depois de anos de espetáculos, Sr Lambert talvez tenha sido salvo pela moderação. JON CARAMANICA

Autoria do Post: Josy Loos
Tradução: Gisele Duarte
Fontes: Adam Lambert TV e The New York Times



Assistam ao vídeo promocional “extendido” do álbum “The Original High” de Adam Lambert

By in junho 20, 2015 • Filed in: Álbum, Notícias, Vídeos

Confira o vídeo promocional “extendido” do novo álbum de Adam Lambert, “The Original High”, lançado esta semana mundialmente:

O vídeo tem imagens do videoclipe de seu single “Ghost Town”. Para fazer download do álbum na versão Standard (11 faixas), clique aqui, e para adquirir a versão Deluxe com as 3 faixas-bônus, clique aqui. O álbum físico também será distribuído em todas os lugares possíveis no Brasil, mas caso você não encontre na sua cidade, poderá adquirir por enquanto em 3 portais: Saraiva, Livraria da Folha e Livraria Cultura.

Autoria do Post: Graça Vilar
Fontes: Adam Lambert TV e Adam Lambert/YouTube



Tradução dos “Agradecimentos” no Encarte de “The Original High”

By in junho 19, 2015 • Filed in: Álbum

Já publicamos aqui o conteúdo do encarte do terceiro álbum de Adam Lambert, “The Original High” lançado nesta semana mundialmente. Agora, confira a tradução da parte dos “Agradecimentos”:

OBRIGADO:

AMOR ENORME PARA MINHA FAMÍLIA EXTRAORDINÁRIA: MÃE, PAI, NEIL E OUTROS: RAY, AMY, E ELISSE. MINHA “FAMÍLIA” QUE ME INSPIROU NESSAS MÚSICAS: DANIELLE, SAULI, ALLAN, JO & RAY, THE CHERRYS, ALI P, CARMIT, TERRANCE, JOHNNY, JASON, JOVAN, JOEY G, SUTAN, DUSTY, TOMMY, BEN, CHARL, BRANDON P, JOHN C, CHRIS S, FERRAS, SARAH, TODO O ELENCO DO THE ZODIAC, MARKUS, TAYLOR, SETH G, ABREEA, MARY J, SAM S, JASON (JAKE S), JUSTIN T, MOLLY, BRAD B, DRAKE, BROOKE W, LAURA D, BRANDON P, ZACKIE, STRETCHY E TODOS AQUELES QUE ESTIVERAM NAS MINHAS SESSÕES QUE DURARAM HORAS. RISOS.

AO TIME MAIS ATUAL QUE TEM MOVIDO MONTANHAS COMIGO: A GESTÃO DIRETA: MARTIN, STEVE, BRADFORD E O ANJO MAIS PACIENTE, LEAH. OBRIGADO DO FUNDO DO MEU CORAÇÃO. SHOSHANNA: VOCÊ É PODEROSA. OBRIGADO POR SUA PAIXÃO E DEDICAÇÃO. AGRADECIMENTOS ESPECIAIS PARA DVORA.
ROB V: AGRADECIMENTOS ETERNOS POR SEMPRE ORGANIZAR TUDO, DE MODO QUE SEMPRE FICASSE SEM FALHAS.

PARA BRIAN E ROGER E TODA A FAMÍLIA QUEEN: AS NOSSAS AVENTURAS NOS ÚLTIMOS ANOS AJUDARAM A ME TRANSFORMAR NO CANTOR QUE SOU HOJE. OBRIGADO POR ME CONFIAR O SEU LEGADO E COMPARTILHÁ-LO COM SEUS FÃS.

NILE RODGERS: OBRIGADO POR SUA ORIENTAÇÃO.

MAX MARTIN: VOCÊ É MEU HERÓI! OBRIGADO POR CRIAR MAGIA COMIGO. NÓS CONSEGUIMOS! SHELLBACK: MEU CIENTISTA LOUCO FAVORITO E ALQUIMISTA SONORO, OBRIGADO POR SUPERVISIONAR ESSE PROJETO!
JULIUS PETERSSON: AGRADECIMENTOS SUPREMOS POR CUIDAR DE MIM EM ESTOCOLMO E SER A VOZ CLARA E RELAXADA DA RAZÃO.

AOS PRIMOS LOBOS: VOCÊS SÃO MESMO DA PESADA, SEUS FILHOS DA MÃE!
CHARTREUSE! AXIDENT E JOHN W: OBRIGADO POR ME DAR A PRIMEIRA CENTELHA CRIATIVA PARA ESSE ÁLBUM. TUDO COMEÇOU COM VOCÊS, CARAS!
RESPEITO INSANO. TOVE. TEM SIDO UM PRAZER TE CONHECER E CRIAR COM VOCÊ. EU ESTOU MUITO ORGULHOSO DE VER VOCÊ ASCENDER, SUA ESTRELA!
STERLING F AND JOE J: OBRIGADO POR ME ENTENDER E POR SABEREM EXATAMENTE ONDE EU QUERIA CHEGAR COM ESSAS MÚSICAS. GRATIDÃO PROFUNDA. ALI P: VOCÊ É UM ANIMAL! VOCÊ ARRASOU. ILYA E PETER C: OBRIGADO PELO SENSO DE HUMOR DURANTE AS MINHAS NEUROSES VOCAIS! VOCÊS TÊM SIDO A CHAVE DE TUDO E CONSEGUIRAM TIRAR O MELHOR DE MIM. SAVAN, TOBIAS, JAMES A, LINUS & CO., FOI UM PRAZER CRIAR COM VOCÊS!
SERBAN: OBRIGADO POR FAZER COM QUE TODA ESSA COISA FICASSE PERFEITA! E PARA MARTIN DODD E TODOS NA MXM: OBRIGADO POR TUDO. AGRADECIMENTOS ESPECIAIS AO DEUS DO ROCK, BRIAN MAY: MUITO OBRIGADO POR TER ME DADO O SEU TEMPO E DOMADO A GUITARRA MÁGICA EM “LUCY”.

À MINHA NOVA FAMÍLIA NA WARNER BROS.: CAMERON STRANG, JEFF FENSTER, ROB CAVALLO, PETER GRAY, NORMAN WONDERLY, HANNAH KEEFE, KAZY BROWN, LYDIA SARNO… E TODOS, OBRIGADO POR ACREDITAREM EM MIM E ME DAR ESSA OPORTUNIDADE, AGORA LÁ VAAAAAAAAMOS NÓS!

AGRADECIMENTOS ESPECIAIS PARA O TIME INTEIRO NA CAA. DON PASSMAN & GENE SALOMON DA GTR&B. LESTER KNISPEL, CHRISTIE & NINA DA BOULEVARD MANAGEMENT.

PARA OS GLAMBERTS: VOCÊS FICARAM COMIGO DESDE O COMEÇO. SEM VOCÊS, EU NÃO TERIA O COMBUSTÍVEL NECESSÁRIO PARA SEGUIR EM FRENTE. OBRIGADO POR ME MANTEREM À TONA.

Lembrando que no Brasil temos disponível a versão Standard, com 11 faixas, o qual será distribuído em todas os lugares possíveis no Brasil. Caso você não encontre na sua cidade, poderá adquirir a cópia física por enquanto em 3 portais: Saraiva, Livraria da Folha e Livraria Cultura. Já no iTunes Brasil é possível comprar tanto a versão Standard quanto a Deluxe.

Autoria do Post: Josy Loos
Tradução: Mônica Smitte
Fonte: @ScorpioBert



Adam Lambert estará no “Ask Anything” no Saturday Night Online – 20/06

By in junho 18, 2015 • Filed in: Agenda, Álbum, Chat, Notícias, TV

No próximo sábado (20), Adam Lambert estará presente no programa “”Ask Anything” no “Saturday Night Online”, às 20h hora local, respondendo às perguntas previamente feitas por fãs. Para fazer perguntas a Adam, você deve se registrar clicando aqui, não se esquecendo que Adam espera perguntas sobre seu novo álbum.

Adam também twittou a respeito, conforme você confere abaixo:

Ei, #SaturdayNightOnline! Eu estarei conversando com @OnAirRomeo & @AskAnythingChat no dia 20 de Junho às 20h. Perguntas sobre #GhostTown ou o novo álbum? Pergunte: bit.ly/1HcXfSJ

Adam participou desse mesmo chat em 25 de Fevereiro de 2012, e você pode conferir na íntegra com a respectiva tradução, em nossa publicação anterior, clicando aqui.

Autoria do Post: Graça Vilar
Fontes: Adam Lambert TV, Ask Anything e Adam Lambert/Twitter