Archive for the ‘Álbum’ Category


No Brasil, Adam Lambert será representado pela Universal Music Brasil

By in fevereiro 27, 2015 • Filed in: Álbum, Notícias

A Warner Music Brasil informou ao Adam Lambert Brasil que Adam Lambert será representado, em nosso país, pela Universal Music Brasil.

A Universal será responsável pela divulgação do cantor no Brasil, da mesma forma como trabalha com Lady Gaga, Sam Smith, Taylor Swift, Imagine Dragons, McBusted, entre outros. O mesmo ocorreu com os discos anteriores de Adam, produzidos pela RCA e distribuídos pela Sony Music Brasil.

A responsável pelo Marketing Internacional da Warner Music Brasil explica que “dependendo do país, o disco é lançado por um determinado selo, de uma determinada gravadora. No Brasil, a Warner não trabalhará Adam Lambert”. “The Original High” será lançado no Brasil com o selo da Universal Music.

A Universal Music Brasil, cuja origem está ligada ao início das atividades discográficas da Philips, estreou no país intimamente vinculada à história da Música Popular Brasileira, reunindo artistas como Tom Jobim, Cazuza, Nara Leão e Caetano Veloso. Mais tarde, aliou-se à outro gigante do entretenimento, a sociedade anônima Vivendi, e formam juntas uma das maiores empresas de entretenimento do mundo.

Autoria do Post: Elisa Ferrari
Agradecimentos: Alessandra Andrade, Daniel Alburquerque e Rafaela (Warner Music Brasil)
Fonte: ABPD

Share/Bookmark


Shoshanna Stone anuncia que Adam Lambert está realizando um photoshoot para a capa de uma revista!

By in fevereiro 23, 2015 • Filed in: Álbum, Notícias

Nesta segunda-feira (23), a agente publicitária de Adam Lambert, Shoshanna Stone, anunciou em seu Twitter que Adam estará na capa de uma revista, promovendo o seu terceiro álbum The Original High.

Dia de promoção! #theoriginalhigh

[Photo]shoot para a capa! #theoriginalhigh

@Glambert_Kat: Ai meu Deus, uau!!! O dia de hoje ficou ainda melhor. Capa do álbum ou de revista?
@shoshannastone: Revista

@GlamQueen99: Qual revista?
@shoshannastone: Você terá que esperar para ver

Fiquem atentos, caso hajam novas informações sobre o assunto, informaremos!

Autoria do Post: Elisa Ferrari
Fonte: Shoshanna Stone/Twitter



Warner Music South Africa: #TheOriginalHigh de Adam Lambert, em breve!

By in fevereiro 20, 2015 • Filed in: Álbum, Facebook, Instagram

A Warner Music da África do Sul (Warner Music South Africa) publicou em seu Facebook e Instagram uma foto de Adam Lambert, anunciando que já estamos próximos da chegada de The Original High!

#AdamLambert – #TheOriginalHigh… Em breve….

O terceiro álbum de Adam é previsto para este verão [americano]. O primeiro single estará disponível a partir de Abril.

Autoria do Post: Elisa Ferrari
Agradecimentos: Alessandra Andrade
Fontes: Warner Music South Africa e Warner Music South Africa/Instagram



Billboard: Em defesa de Trespassing de Adam Lambert

By in fevereiro 4, 2015 • Filed in: Álbum, Artigos e Entrevistas

O site da Billboard publicou um artigo interessante sobre “Trespassing”, o segundo álbum de Adam Lambert. Confiram abaixo:

Em defesa de “Trespassing” de Adam Lambert: Por que seu último álbum deveria ser redescoberto

Supostamente, o álbum mais recente de Adam Lambert, “Trespassing”, não foi um sucesso. Em seu lançamento, em Maio de 2012, o álbum se tornou o primeiro de Lambert em primeiro lugar da Billboard Top 200, vendendo 77.000 cópias e fazendo do finalista do American Idol o primeiro artista abertamente gay a ficar nessa posição; talvez só por isso, “Trespassing” já tenha sido uma vitória para Lambert. Mas o álbum estreou com menos da metade das vendas que seu primeiro álbum, “For Your Entertainment” em 2009, que ficou em terceiro lugar e vendeu 198.000 cópias.

Esse álbum de estreia gerou um hit Top 10 na Hot 100, “Whataya Want From Me”, uma música pop rock co-escrita por Pink e indicada ao Grammy por melhor performance vocal pop masculina. “Trespassing” produziu um hit no Hot 100, “Better Than I Know Myself”, que chegou à 76ª posição; nenhuma outra música do álbum, incluindo o single sucessor, “Never Close Our Eyes”, entrou na lista. Um ano depois do lançamento de “Trespassing”, Lambert oficialmente se separou de sua gravadora, RCA Records, em Julho de 2013, depois de dizer que a “gravadora queria um álbum cover de músicas dos anos 80 e esse era o único lançamento que apoiariam.” É fácil chegar à conclusão de que se “Trespassing” tivesse produzido mais hits junto com “Whataya Want From Me”, não iriam pedir para Adam fazer covers dos anos 80.

Na quinta-feira, Lambert celebrou seu aniversário dando um presente aos seus fãs: o título de seu próximo álbum e o mês de lançamento do primeiro single. “The Original High” teve Max Martin e Shellback como produtores executivos, e o primeiro single sairá em Abril. Com uma nova gravadora, Warner Bros Records, e dois dos produtores pop mais requisitados, Lambert tentará um novo começo. Mas antes disso acontecer, nós gostaríamos de lembrar o quão original “Trespassing” é, e porque, apesar de sua falta de hits, o segundo álbum de Lambert faz os ouvintes quererem investir no futuro musical do cantor de 33 anos.

O único hit do álbum, “Better Than I Know Myself”, serve como uma prévia do resto do álbum – trabalhando com Dr. Luke, Cirkut e Ammo na faixa, Lambert refez “Whataya Want From Me” sem um refrão marcante e com uma produção mais melodramática. Se alguém fosse basear sua opinião sobre o álbum só com essa música, estaria errado. Tirando “Better Than I Know Myself”, “Trespassing” representa diversão com uma voz carismática. A maior parte do álbum é energética, com refrões rápidos e sexualidade em cada sílaba.

Enquanto “For Your Entertainment” tinha mais glam rock, “Trespassing” é mais funk, com músicas como “Cuckoo”, “Naked Love” e “Trespassing” transportando Adam para um território musical ocupado por artistas dance como Sylvester e Kool & The Gang, mas essas músicas são mais poderosas, demandam mais atenção e não se comprometem às suas decisões de estilo. Lambert passeia pelas músicas livremente e em êxtase, como se o funk pop sempre tivesse corrido em suas veias, e “Trespassing” foi sua primeira oportunidade de mostrar essa identidade.

A palavra “trespassing” denota a entrada em um local proibido, e através de “Trespassing”, Lambert convida o ouvinte a seguir seu caminho em uma cena colorida onde os “loucos como nós podem se encontrar”, como diz em “Shady”. Obviamente, a sexualidade de Lambert o coloca como um estranho às vezes (ou como guia para desejos escondidos em músicas como “Pop That Lock” e “Naked Love”), mas mais frequentemente, ele se coloca como um transgressor no mundo da música da pop. “No trespassers? Yeah, my ass! Wait till ya get a load of me!” ele diz na música que dá nome ao álbum, uma música pop sintética que para um hit de outro planeta, ou de uma história paralela. “Broken English” parece com a abertura de um musical da Broadway do Nine Inch Nails, e “Chokehold” leva Lambert temporariamente ao excesso de guitarra de “For Your Entertainment”, e enquanto “Never Close Our Eyes” não funciona como single sozinha, a música oferece uma batida ao estilo de “Shady”. Talvez Lambert soubesse que “Trespassing” era uma experiência à parte dos hits de rádio; se ele sabia, ele certamente não liga para a falta de visibilidade comercial.

Mas, na verdade, “Trespassing” teve um hit de rádio, produzido e co-escrito por Pharrel Williams, um ano antes de “Get Lucky” e “Blurred Lines” o trazerem de volta à cultura pop. “Kickin’In” é uma música subestimada, com os vocais de Lambert e Pharrell em uma aventura. “Kickin’In” tem sintetizadores no refrão e partes vazias com baixo antes do refrão. Talvez o estilo fosse diferente demais para “Kickin’In” virar single, mas a volta de Pharrel em 2012 poderia ter começado um ano mais cedo.

Após a estreia de “Trespassing”, houve confusão para aqueles que descobriram e gostaram do álbum logo de cara. Como um álbum pop assim conseguiu ser sucedido por uma separação da gravadora e o artista cantando para uma clássica banda de rock? A notícia dessa semana de que Lambert voltará com um álbum em um futuro próximo animou os fãs, e o envolvimento de Max Martin e Shellback é um sinal encorajador. E enquanto Lambert tem que provar novamente que pode fazer hits com “The Original High”, “Trespassing” mostrou uma voz única no gênero, e demonstrou que Lambert não precisa lançar um álbum de covers dos anos 80. Para onde ele vai a partir daqui? Nós descobriremos em alguns meses, mas até lá, use seu tempo para redescobrir uma subestimada joia do pop.

Autoria do Post: Graça Vilar
Tradução: Carolina Martins C.
Fontes: Adam Lambert TV e Billboard



BUSTLE: O álbum de Adam Lambert “The High Original” está a caminho e aqui está o por que você tem que estar animado

By in fevereiro 2, 2015 • Filed in: Álbum, Artigos e Entrevistas, Notícias

O site BUSTLE publicou um interessante artigo sobre o anunciado novo CD de Adam Lambert, “The High Original” e sobre seus novos produtores, confiram abaixo:

O álbum de Adam Lambert “The High Original” está a caminho e aqui está o por que você tem que estar animado

Preparem-se, Glamberts, porque música nova está chegando. Na quinta-feira, Adam Lambert revelou que seu novo álbum se chama “The High Original” e que o primeiro single chegará algum dia, em Abril. (Sim, em apenas dois meses!) O cantor também revelou que seu próximo projeto está sendo produzido por Max Martin e Shellback, o que é uma NOTÍCIA MARAVILHOSA.

Agora, se você é um fanático da música pop como eu, provavelmente não parou de surtar desde que essa última informação foi anunciada pela primeira vez algumas semanas atrás. Mas, se você nem sempre presta atenção em quem está ajudando seus artistas favoritos por trás das cenas (que é totalmente compreensível, por sinal), você pode estar se perguntando: “O que há de especial aqui? Quem são Martin e Shellback?” Permitam-me explicar…

Simplificando, Martin é uma lenda da música. Um compositor e produtor de 43 anos de idade que ganhou sucesso trabalhando com os Backstreet Boys, NSYNC e Britney Spears, no final dos anos 90, e agora possui 19 canções #1 na parada Billboard Hot 100 (o que o coloca em terceiro lugar, atrás de John Lennon e Paul McCartney). Incrivelmente, 15 dessas canções estiveram no topo das paradas apenas nos últimos seis anos. Em outras palavras, Martin entende muito bem sobre música pop nos Estados Unidos, e ele é muito bom no que faz.

Shellback provavelmente é mais conhecido por suas colaborações com Martin, mas ele também tem sua própria discografia impressionante. Por exemplo, ele recentemente co-escreveu e produziu o hit “Animals” de Maroon 5. Ele também fez algumas grandes canções com One Direction (“Kiss You”) e Icona Pop (“On a Roll”). Shellback tem oito canções na parada Hot 100 com seu nome (sete com Martin).

Curiosamente, o último álbum em que Martin e Shellback trabalharam juntos foi no álbum “1989” de Taylor Swift. Na verdade, eles ajudaram a criar os singles #1 do LP, “Shake It Off” e “Blank Space”.

Esses dois caras poderiam ser o passaporte para popularizar mais o sucesso de Lambert! Afinal de contas, eles são responsáveis por elaborar o seu primeiro e único hit Top 10 dos EUA, “Whataya Want From Me”. Na verdade, sucessos nas paradas não é tudo, mas eu só não quero que o novo álbum do vice-campeão de American Idol fracasse como seu último álbum. Ele é muito talentoso para isso. Mais pessoas precisam ouvir a sua música!

Aqui estão seis maravilhosas canções que Martin e Shellback produziram que eu espero influenciaram “The Original High” de alguma forma: Pink — “So What” de Funhouse (2008), Robyn — “Time Machine” de Body Talk (2010), Pink — “F*ckin’ Perfect” de Greatest Hits… So Far!!! (2010), Maroon 5 — “One More Night” de Overexposed (2012), Christina Aguilera — “Let There Be Love” de Lotus (2012) e Taylor Swift — “New Romantics” de 1989 (2014).

Se quiser ouvir os seis hits citados pelo artigo diretamente na fonte, clique aqui e assista aos respectivos vídeos.

Autoria do Post: Graça Vilar
Tradução: Sandra Saez
Fontes: Adam Lambert TV e BUSTLE



Warner Music da África do Sul publica foto de Adam Lambert em seu Instagram – 28/01

By in janeiro 30, 2015 • Filed in: Álbum, Instagram

A Warner Music South Africa publicou em seu Instagram uma foto de Adam Lambert, anunciando a sua entrada à gravadora e a chegada do novo single em Abril.

O super talentoso @adamlambert se juntou aos nossos outros talentos impressionantes. Novo single em breve #Glamberts #AdamLambert

Autoria do Post: Elisa Ferrari
Fonte: Adam Lambert TV



Adam Lambert revela o nome do seu 3º Álbum!

By in janeiro 29, 2015 • Filed in: Álbum, Notícias, Twitter

Conforme publicamos aqui, Adam Lambert aproveitou o dia do seu aniversário para instigar seus fãs. Às 9h30m da manhã (horário de Brasília), ele anunciou que faria um “importante e surpreendente comunicado” às 13h.

O ano de 2015 foi inaugurado com novidades supreendentes para a Glamily – um contrato assinado com a Warner Bros, um single prometido para Abril e um álbum para a primavera norte americana –, portanto não pudemos controlar nossa curiosidade e ansiedade pelo recado.

Conforme prometido, Adam twittou uma revelação bombástica às 13h06m: o nome do seu 3º álbum!

Emocionado por estar anunciando o título do meu próximo álbum: THE ORIGINAL HIGH #theoriginalhigh

The Original High foi produzido por Max Martin e Shellback, com o 1º single saindo em Abril. #theoriginalhigh

E The Original High promete! Max Martin é o produtor musical e compositor responsável por super hits dos Backstreet Boys, Christina Aguilera, ‘N Sync, Pink, Britney Spears, Simple Plan, Katy Perry, Taylor Swift, E-Type, entre outros artistas que tiveram seus nomes imortalizados no imaginário da cultura pop.

Shellback é um compositor sueco que ocupa o primeiro lugar na lista da Billboard de Melhores Compositores de 2012. Seu nome está por trás de singles como “Fuckin’ Perfect” da Pink, “We Are Never Ever Getting Back Together” e “I Knew You Were Trouble” da Taylor Swift, “I Wanna Go” da Britney Spears, “DJ Got Us Fallin’ In Love” do Usher, “Wish You Were Here” da Avril Lavigne, “One More Night” do Maroon 5, “Your Body” da Christina Aguilera entre muitos outros conhecidos por todos nós.

Adam também ressaltou em seu Twitter que a foto publicada junto da revelação “não é a capa do álbum, mas é algo novo”, e foi tirada por Freddy Main.

“The Original High”, em português, pode significar “O Extremo Original” [ver nota].

NOTA: Como o nome foi colocado “solto”, fora de um contexto, não é 100% certo o seu significado – “high” pode adquirir outra conotação, a depender do texto em que está inserido. Se houverem novas informações sobre este título, informaremos.

Autoria do Post: Elisa Ferrari
Fontes: Adam Lambert/Twitter, Wikipédia (1) e Wikipedia (2)



Vagalume: Adam Lambert lançará novo single em abril

By in janeiro 17, 2015 • Filed in: Álbum, Mídia Brasil, Notícias

E a mídia brasileira também já está comentando sobre o novo álbum de Adam Lambert, conforme publicamos maiores detalhes aqui. Confira o que o site Vagalume publicou a respeito:

Adam Lambert lançará novo single em abril

Cantor está trabalhando no terceiro álbum de estúdio

O cantor Adam Lambert revelou que assinou um novo contrato com a gravadora Warner Bros Music para lançar o terceiro disco de sua carreira.

O músico ainda confirmou que lançará o primeiro single do material em abril. O americano conta com os colaboradores Max Martin e Shellback como produtores executivos do LP.

Sobre o trabalho com os hitmakers, Lambert comentou, “Eu estava trabalhando em algumas demos e tinha uma reunião marcada com eles”, contou à Billboard. “Eles são os meus dois produtores favoritos. Adoro o que eles fazem e eu fiquei muito animado em me sentar com eles novamente depois de termos trabalhado no ‘For Your Entertainment'”.

O novo disco do músico ainda não possui data de lançamento definida, mas é aguardado para este ano.

Reveja o clipe de “For Your Entertainment”:

Veja letras, traduções e muito mais de Adam Lambert no Vagalume!

Autoria do Post: Josy Loos
Fonte: Vagalume



Billboard: Exclusivo: Adam Lambert assina com nova gravadora e Max Martin será o produtor executivo de seu álbum

By in janeiro 16, 2015 • Filed in: Álbum, Artigos e Entrevistas, Notícias

Em uma nova entrevista a Billboard, Adam Lambert finalmente confirma que a sua nova gravadora é a Warner Bros. e Max Martin (foto abaixo) é o produtor do seu novo álbum, com previsão de lançamento para metade deste ano, sendo o 1º single para Abril. Confira mais detalhes abaixo:

Exclusivo: Adam Lambert assina com nova gravadora e Max Martin será o produtor executivo de seu álbum

Dizem que você não consegue deixar um bom homem para baixo, mas nos caso de Adam Lambert, ele ficou menos de 24 horas.

O finalista da 8ª temporada do American Idol e vocalista atual do Queen conta à Billboard que ele achou um novo lar na Warner Bros. Records, e que a gravadora entrou em contato com ele logo após a notícia de que ele havia deixado a RCA Records.

“No dia seguinte, a Warner Bros. entrou em contato conosco, o que eu achei que foi fantástico e foi como um alívio”, diz Lambert. “Foi assustador fazer aquele anúncio para o mundo.”

Lambert e seu time de gestão se juntaram e pensaram, decidindo ir aos produtores e compositores suecos, Max Martin e Shellback. Os dois trabalharam com Lambert pela primeira vez meses depois da quase vitória no Idol e a colaboração gerou dois hits, “Whataya Want From Me”, que chegou ao 10º lugar na Billboard Hot 100, e “If I Had You”, que passou 20 semanas nas paradas, chegando ao 30º lugar.

“Eu marquei um encontro com Max Martin e Shellback. Nós começamos a falar sobre a vida, política, moda, tudo”, Lambert lembra. “Eles disseram ‘Você parece diferente, Adam’ e eu disse ‘Eu me sinto um pouco diferente.’ E eu pedi a ajuda deles.”

Quatro anos após seu primeiro trabalho juntos, o trio continuou onde parou, com Martin e Shellback se oferecendo para serem produtores executivos do próximo lançamento do artista de 32 anos, o primeiro de seu contrato com a Warner Bros., previsto para ser lançado no início do verão.

Como Martin disse com exclusividade à Billboard: “Shellback e eu percebemos pela primeira vez em 2009 que um talento como de Adam Lambert não aparece muito frequentemente. Nós amamos a experiência, então torcemos para que nossos caminhos se cruzassem novamente. Então quando Adam veio até nós com uma nova oportunidade de trabalharmos juntos, nós aceitamos e até sugerimos uma relação mais profunda em que teríamos a chance de realmente ajudar o Adam a definir a música do álbum. Nós nos juntamos ao melhor parceiro na Warner Brothers e mal podemos esperar para que todos ouçam o álbum. Nós estamos orgulhosos com o trabalho e esperamos que gostem tanto quanto nós!”

O criador de hits descreve a experiência como “uma grande jornada”. Lambert certamente concordaria. Leia mais sobre como isso aconteceu abaixo:

O que era importante para você em um novo contrato?
Adam: Achar um novo lar em que eu me encaixasse. Como você sabe, eu deixei a RCA por diferenças criativas. Eles são ótimos. Eu tenho uma ótima relação, mas eu não senti que nós queríamos as mesmas coisas para o próximo capítulo, então eu decidi deixá-los.

Como você, Max e Shellback se reconectaram?
Adam: Eu estrava trabalhando com demos e marquei uma reunião com eles. Eles são dois dos meus produtores favoritos e estão no topo. Eu amo tudo o que fazem, e eu estava animado de nos reunirmos novamente após termos trabalhado em “For Your Entertainment”. Foi bom se juntar e rir. Havia um ar casual e humilde, e quando você está no estúdio, é isso que quer. Eu toquei uma música para eles e ficamos animados. Eles ouviram meu crescimento pessoal e as coisas que eu queria dizer por meio das letras. Resumindo, eles se ofereceram para serem produtores executivos desse álbum, e esse pareceu ser um grande momento.

O que você acha deles fazerem músicas tão inegáveis?
Adam: Os dois são gênios no que fazem. E a vibe que criam não tem ego, é sobre fazer uma música boa. E é assim que deve ser. E eles me deixam ser eu mesmo.

Houveram rumores de uma participação de Tove Lo, além de outro. Você pode revelar algum colaborador?
Adam: Eu não posso, mas posso dizer que o primeiro single sairá em abril. Eu acho que as pessoas se surpreenderão. O álbum é como uma nova era para mim – emocionalmente, sonoramente. É fresco, é novo. Ainda sou eu. Ainda é o que os fãs conhecem e gostam, mas é 100% um novo capítulo.

E foi gravado na Suécia?
Adam: Sim, eu passei dois meses em Estocolmo no começo de 2014 escrevendo as músicas. Foi um período bem focado. Eu não tenho uma vida social lá, eu não tinha nenhum compromisso profissional então eu ia para o estúdio quase todos os dias. Era bom; me permitia pensar sobre onde eu estava em minha vida e onde estive, o que eu queria dizer e como eu queria dizer, e eu trabalhei com pessoas incríveis.

O que você pode nos dizer sobre o álbum sonoramente? Você pode nos dar uma dica sobre o que estava ouvindo?
Adam: Eu queria que fosse algo mais interno e mais fundamentado. Um pouco menos teatral e extravagante. Eu queria trazer um pouco mais. Estar em turnê com uma banda de rock britânica, e ido à Londres bastante esse ano, ensaiando com eles e fazendo aparições na TV, acho que isso afetou meu som e onde estamos o levando. [A Europa] está bem a frente na curva, ou nela, e eu fui influenciado por isso. Vocalmente, é bem mais íntimo comparado ao que fiz no passado. Há um pouco mais de ousadia, conflito interno e poesia.

Você foi ao compositor nº 1 do mundo, o quão importante são os hits para você?
Adam: Acho que está bem claro o que queremos com esses dois caras. Eles são mestres. Eles são gênios da melodia. Parece muito simples e muito complexo. E eu amo isso. É sem esforço e gracioso. Eles sabem o que as pessoas querem ouvir e que a melhor maneira de alcançá-las é pelo rádio. É uma das razões pelas quais eu queria trabalhar com eles – por causa de suas especialidades na área.

Faz seis anos desde que a América o viu pela primeira vez no Idol, o que você aprendeu sobre o ramo da música nesse tempo?
Adam: Quando você entra rapidamente com a trajetória após o American Idol, é fácil ver o ramo como um fã veria: você não vê os prós e contras. E você aprende quando está dentro. Com “Trespassing”, eu aprendi bastante sobre rádio. Eu aprendi muito sobre meus fãs com o passar dos anos – da importância e como você tem que ouvi-los. Estar no palco com o Queen e me lembrar das coisas mais importantes de música e performance são as coisas mais atemporais: transcende competições de popularidade. Tem mais a ver com a verdade, emoção, honestidade e a conexão com a audiência, a música e o momento. [A turnê com o Queen] tem sido boa para mim em nível de confiança. Me fez sentir que estou no caminho certo e humilde ao mesmo tempo. Eu estou entrando em uma posição que costumava ser ocupada pelo maior vocalista de todos os tempos. Tentar viver com esse legado tem sido desafiador e recompensador.

Autoria do Post: Josy Loos
Tradução: Carolina Martins C.
Fontes: Adam Lambert/Twitter e Billboard



DJ DigiMark anuncia lançamento do seu EP “Adam Lambert 80’s Glam-Ups”

By in janeiro 13, 2015 • Filed in: Álbum, Notícias, Vídeos

O DJ DigiMark já fez algumas versões mashup e remix das músicas de Adam Lambert, as quais você pode conferir novamente aqui em nossas publicações anteriores. Recentemente, ele anunciou em seu site oficial que estará lançando um EP de Adam, intitulado “Adam Lambert 80’s Glam-Ups”. A primeira música já foi liberada no último dia 11, confira abaixo:

Veja todas as demais músicas deste EP abaixo:

Adam Lambert vs Queen – Whataya Want From Me (DJ DigiMark Wants It All MixMash)
– Data de lançamento: 11/01

Adam Lambert vs Prince – Cuckoo (DJ DigiMark’s Erotic MixMash)
– Data de lançamento: 14/01
Adam Lambert vs Whitney Houston – If I Had You (DJ DigiMark’s Emotional MixMash)
– Data de lançamento: 16/01
Adam Lambert vs Queen – Trespassing (DJ DigiMark’s Dusty MixMash Part 2)
– Data de lançamento: 19/01

Autoria do Post: Josy Loos
Fontes: Adam Lambert TV e DJ DigiMark



O produtor Rob Cavallo discute sobre o álbum de estreia de Adam Lambert, “For Your Entertainment”

By in dezembro 18, 2014 • Filed in: Álbum, Entrevista, Vídeos

Já havíamos publicado aqui, algumas partes da entrevista que o produtor Rob Cavallo, concedeu a Lyndsey Parker do Yahoo! News ainda em 2009. Rob participou do álbum de estreia, “For Your Entertainment” de Adam Lambert e da música para o filme 2012 “Time For Miracles”. Confira a seguir a entrevista completa traduzida:

Lindsey: Estamos aqui no estúdio da Yahoo! com Robert Cavallo, mas eu quero falar de outro estúdio, você esteve ultimamente no estúdio com Adam Lambert, quero detalhes.
Rob: Sim… Adam Lambert é, provavelmente, um dos cantores mais talentosos que eu já gravei, ele é incrível, ele tem alcance ilimitado, na verdade ele pode cantar cada nota que está na guitarra do mais baixo ao mais alto, que é uma coisa muito, muito incomum e ele é um cara muito legal. Ele chega e só quer fazer um bom trabalho, estar com ele é muito divertido e eu acho que nós temos algumas músicas incríveis.

Lindsey: Quantas músicas você trabalharam juntos?
Rob: Eu fiz seis com ele e há um filme chamado “2012” com John Cusack que vai ser algo grande, se não me engano será lançado em breve.

Lindsey: Sim eu vi o trailer de 30 segundos e quando vamos ouvir a canção inteira?
Rob: 18 de outubro, em cinco dias, eu acho que a canção será lançada.

Lindsey: Essa é a canção que ele fez parte de uma orquestra na Capital Studios, eu vi ele twittar algo sobre isso.
Rob: Bem, há duas coisas, sim ele veio para a Capital Studios comigo para fazer cordas e tivemos uma orquestra de 30 peças, mas há 2 canções diferentes, há sim uma orquestra de 30 peças nesta canção também, mas ele não veio nessa sessão, ele veio outro dia há uns cinco dias.

Lindsey: Então, como você descreveria o som, eu ouvi a palavra Glam por aí e me faz muito feliz.
Rob: Há um monte de Glam Rock, tem bastante de electro glam pop, como uma invasão robótica ou algo assim.

Lindsey: Esse é o título do álbum bem aí.
Rob: Isso não é uma má ideia, mas tem rock clássico, e também tem dance moderno com elementos pop, é algo novo, é algo bem legal.

Lindsey: Esse é o dilema que ele pode ter, muitas pessoas que gostavam dele em American Idol, gostavam de ver ele cantando canções de rock clássico, como “A Whole Lotta Love”, e músicas do Aerosmith, mas eu realmente não sinto que essa é a direção que ele está indo e eu estou querendo saber se as pessoas irão aceitá-lo.
Rob: Eu acho que se tem rock suficiente sim, eu estou fazendo seis ou sete músicas, e eu sei que essas definitivamente tem o elemento de rock e ao mesmo tempo tem algo novo, porque realmente o que você quer é o som Adam, qual vai ser, como o novo som de Adam vai ser, eu acho que está incrível.

Lindsey: É interessante, porque normalmente você tem mais tempo para trabalhar nos álbums de uma banda e ele teve como um mês para fazer, como você trabalha sob pressão de tentar apressar um álbum do American Idol? E fazê-lo bem?
Rob: Basicamente a resposta é que eu não durmo muito, ontem eu estive trabalhando até as quatro da madrugada do meu quarto de hotel à Los Angeles por telefone organizando vocais de fundo e outras coisas e isso é uma coisa difícil de fazer, para fazer as músicas sem o artista, depois o artista vem e você tem que ajustar rapidamente porque quando você se sente com a presença do artista tudo muda e você quer que a música reflita perfeitamente quem ele é, mas acho que conseguimos isso, todos estamos felizes.

Lindsey: E quando se trata da supervisão da letra de música ou se tem algum direito a dizer algo sobre a produção.
Rob: Muito, muito, se ele diz, “oh, eu não gostei dessa parte”, então nós arrumamos, fazemos ajustes. Tiramos o que ele não gosta e experimentamos algo novo e em termos de escolha de canções, ele só pode cantar músicas que ele ama.

Lindsey: Você pode me dar alguns títulos de músicas ou algo.
Rob: Há uma canção chamada “Sure Fire Winners”, há uma canção chamada “Music Again”, há uma canção chamada “Suburban Decay”.

Lindsey: Gostei.
Rob: Sim, muito legal.

Lindsey: Soa muito parecido a My Chemical Romance ou, na verdade, Green Day.
Rob: É uma coisa totalmente nova, é algo diferente, mas esses títulos sim soa como isso, mas é realmente algo novo, você vai ver.

Lindsey: Estou ansiosa, muito obrigado por ter vindo.
Rob: O prazer é meu.

Rob Cavallo é um produtor musical, músico e Presidente da Warner Bros. Records. Ele já trabalhou com vários artistas ao longo da sua carreira, incluindo Linkin Park, Green Day, My Chemical Romance, Eric Clapton, Goo Goo Dolls, Kid Rock, Alanis Morissette, Black Sabbath, Phil Collins, Paramore, Meatloaf. Ele também já ganhou muitos premiações no Grammy. Rob toca muitos instrumentos e tem créditos profissionais para o baixo, teclado, órgão, piano, guitarra e percussão.

Autoria do Post: Josy Loos
Tradução: Sandra Saez
Fontes: Adam Lambert TV e Wikipedia